Gramática On-line | Por Prof. Dílson Catarino

373 textos cadastrados no site da Gramática On-line

Anuncios Google
Gramatica

Encontre o que procura no Buscapé!

Pesquise preços de Gramatica

www.BuscaPe.com.br

Gramatica

Encontre o que procura no Buscapé!

Pesquise preços de Gramatica

www.BuscaPe.com.br

Gramatica

Encontre o que procura no Buscapé!

Pesquise preços de Gramatica

www.BuscaPe.com.br

Gramatica

Encontre o que procura no Buscapé!

Pesquise preços de Gramatica

www.BuscaPe.com.br

Ultima atualização: 08 AGO 2013

/ TESTE SEUS CONHECIMENTOS

Estrutura e formação das palavras

Resolva os testes e, depois, confira o gabarito comentado pelo prof. Dílson Catarino.

 

01) Qual o processo de formação das palavras sem-terra, sertanistadesconhecido?


02) Estrutura das palavras: Qual a formação das palavras bordado, esforço-me, desenrolando, imperceptível e meia-idade?


03) Falso e verdadeiro.
a) O elemento "i" destacado em decidir é do mesmo tipo que o destacado em felicidade.

b) As palavras ficaram e deram apresentam desinências modo-temporais que podem ser usadas em dois tempos verbais diferentes.

c) Indenização e abandonada são palavras formadas a partir de substantivos.

d) Os sufixos de motorista e constureira apresentam o mesmo valor semântico.



04) Em cada frase há uma palavra formada por derivação imprópria. Quais são elas?


a) Os mais detrás quase que corriam

b) Representava de outroras grandezas

c) De motivo nem lugar, nenhum, mas pelo antes, pelo depois

d) Ele batia com a cabeça, nos docementes


05) Qual a formação das palavras pneumotórax e infiltrado?



06- Em que lista as palavras são formadas pelo mesmo processo?

  • Ajoelhar / antebraço / assinatura
  • Atraso / embarque / pesca
  • O jota / o sim / o tropeço
  • Entrega / estupidez / sobreviver
  • Antepor / exportação / sanguessuga

 07- Que lista contém apenas palavras formadas por justaposição?

  • Desagradável / complemente
  • Vaga-lume / pé-de-cabra
  • Encruzilhada / estremeceu
  • Supersticiosa / valiosas
  • Desatarraxou / estremeceu

08- Qual o processo de formação das seguintes palavras?

Aguardente, casamento, portuário, pontapé, os contras, submarino, hipótese.


09- Onde há derivação imprópria?

  • Às sete horas da manhã começou o trabalho principal: a votação.
  • Pereirinha estava mesmo com a razão. Sigilo... Voto secreto... Bobagens, bobagens!
  • Sem radical reforma da lei eleitoral, as eleições continuariam sendo uma farsa.
  • Não chegaram a trocar um isto de prosa, e se entenderam.
  • Dr. Osmírio andaria desorientado, senão bufando de raiva.

 

10- Onde só há palavras formadas por parassíntese?

  • Acorrentar, esburacar, despedaçar, amanhecer
  • Solução, passional, corrupção, visionário
  • Enrijecer, deslealdade, tortura, vidente
  • Biografia, macróbio, bibliografia, asteróide
  • Acromatismo, hidrogênio, litografar, idiotismo

11- Qual o processo de formação das palavras couve-flor, planalto e aguardente?


 

12- Onde uma das palavras não é formada por prefixação?

  • Readquirir, predestinado, propor
  • Irregular, amoral, demover
  • Remeter, conter, antegozar
  • Irrestrito, antípoda, prever
  • Dever, deter, antever


13- Onde nem todas as palavras são de um mesmo radical?

  • Noite, anoitecer, noitada
  • Luz, luzeiro, alumiar
  • Incrível, crente, crer
  • Festa, festeiro, festejar
  • Riqueza, ricaço, enriquecer

 


14- Onde há derivação parassintética?

  • Lá vem ele, vitorioso do combate.
  • Ora, vá plantar batatas.
  • Começou o ataque.
  • Assustado, continuou a se distanciar do animal.
  • Não vou mais me entristecer, vou é cantar.

 


15- Em todas as frases, o termo grifado exemplifica corretamente o processo de formação de palavras indicado, exceto em:

  • Derivação parassintética – Onde se viu perversidade semelhante?
  • Derivação prefixal – Não senhor, não procedi nem percorri.
  • Derivação regressiva – Preciso falar-lhe amanhã, sem falta.
  • Derivação sufixal – As moças me achavam maçador, evidentemente.
  • Derivação imprópria – Minava um apetite surdo pelo jantar.

 


16- Em “O girassol da vida e o passatempo do tempo que passa não brincam nos lagos da lua”, há, respectivamente:

  • Um elemento formado por aglutinação e outro por justaposição.
  • Um elemento formado por justaposição e outro por aglutinação.
  • Dois elementos formados por justaposição.
  • Dois elementos formados por aglutinação.
  • Um elemento formado por justaposição e outro por hibridismo.

 


17- Onde as palavras são formadas por justaposição, aglutinação e parassíntese, respectivamente?

  • Varapau – girassol – enfaixar
  • Pontapé – anoitecer – ajoelhar
  • Maldizer – petróleo – embora
  • Vaivém – pontiagudo – enfurece
  • Penugem – plenilúnio – despedaça

 


18- Qual o processo de formação das palavras embarque, histórico, cruzes!, porquê, fala e sombrio?


19- Qual o processo de formação das palavras irlandeses e entrever?


20- Em qual lista de palavras todas são formadas pelo mesmo processo de composição?

  • Passatempo, destemido, subnutrido
  • Pernilongo, pontiagudo, embora
  • Leiteiro, histórico, desgraçado
  • Cabisbaixo, pernalta, vaivém
  • Planalto, aguardente, passatempo

 


 

21- Qual processo de formação está indicado inadequadamente?

Ataque: derivação regressiva

Fornalha: derivação por sufixação.

Acorrentar: derivação parassintética.

Antebraço: derivação prefixal.

Casebre: derivação imprópria.


 

22- Qual o processo de formação de atenuado, televisão e percurso?


23- Qual o processo de formação das palavras operaçãozinha, conversinha, principalmente, assustador, obrigadinho?


24- Qual o processo de formação das palavras embarque e aterro?


25- O vocábulo catedral, do ponto de vista de sua formação, é primitivo, composto por aglutinação, derivação sufixal, parassintético ou derivado regressivo de catedrático?


26- Qual a classificação errada do processo de formação?

  • O porquê: conversão ou derivação imprópria

  • Desleal: derivação prefixal
  • Impedimento: derivação parassintética
  • Anoitecer: derivação parassintética
  • Borboleta: primitivo

Confira o gabarito comentado pelo prof. Dílson Catarino.

 


Siga o Gramática no Twitter