Advérbio – Gramática On-line
Flexões dos adjetivos
16 de maio de 2014
Pronome relativo x Conjunção integrante
16 de maio de 2014

Advérbio

O

advérbio

é uma categoria gramatical invariável que modifica

verbo, adjetivo

ou outro advérbio, atribuindo-lhes uma circunstância de

tempo, modo, lugar, afirmação, negação, dúvida ou intensidade. Por exemplo:

 

Ontem, ela não agiu muito bem.

 

Essa frase tem quatro advérbios: ontem, de tempo; não, de negação; muito, de intensidade; bem, de modo.

 

As circunstâncias podem também ser expressas por uma locução adverbial – duas ou mais palavras exercendo a função de um advérbio. Por exemplo:

 

Ele, às vezes, age às escondidas.
Essa frase tem duas locuções adverbiais: às vezes, de tempo; às escondidas, de modo.

 



Classificação dos Advérbios:

 



Advérbios de Modo: Assim, bem, mal, acinte (de propósito, deliberadamente), adrede (de caso pensado, de propósito, para esse fim), debalde (inutilmente), depressa, devagar, melhor, pior, bondosamente, generosamente e muitos outros terminados em mente.
Locuções Adverbiais de Modo: às pressas, às claras, às cegas, à toa, à vontade, às escondidas, aos poucos, desse jeito, desse modo, dessa maneira, em geral, frente a frente, lado a lado, a pé, de cor (ó), em vão.

 



Advérbios de Lugar: abaixo, acima, adentro, adiante, afora, aí, além, algures (em algum lugar), alhures (em outro lugar), nenhures (em nenhum lugar), ali, aquém, atrás, cá, dentro, embaixo, externamente, lá, longe, perto.
Locuções Adverbiais de Lugar: a distância*, à distância de*, de longe, de perto, em cima, à direita, à esquerda, ao lado, em volta.

 

* A locução a distância não recebe o acento indicador de crase por indicar genericamente a distância; não há artigo portanto. Já a locução à distância de especifica, exigindo, assim, o artigo:
Siga-me a distância.
Siga-me à distância de dois metros.

 



Advérbios de Tempo: afinal, agora, amanhã, amiúde (de vez em quando), ontem, breve, cedo, constantemente, depois, enfim, entrementes (enquanto isso), hoje, imediatamente, jamais, nunca, outrora, primeiramente, tarde, provisoriamente, sempre, sucessivamente, já.
Locuções Adverbiais de Tempo: às vezes, à tarde, à noite, de manhã, de repente, de vez em quando, de quando em quando, a qualquer momento, de tempos em tempos, em breve, hoje em dia.

 



Advérbios de Negação: não, tampouco (também não).
Locuções Adverbiais de Negação: de modo algum, de jeito nenhum, de forma nenhuma.

 



Advérbios de Dúvida: acaso, casualmente, porventura, possivelmente, provavelmente, talvez, quiçá.
Locuções Adverbiais de Dúvida: por certo, quem sabe.

 



Advérbios de Intensidade: assaz (bastante, suficientemente), bastante, demais, mais, menos, muito, quanto, quão, quase, tanto, pouco.
Locuções Adverbiais de Intensidade: em excesso, de todo, de muito, por completo.

 



Advérbios de Afirmação: certamente, certo, decididamente, efetivamente, realmente, deveras (realmente), decerto, indubitavelmente.
Locuções Adverbiais de Afirmação: sem dúvida, de fato, por certo, com certeza.

 



Advérbios Interrogativos: onde (lugar), quando (tempo), como (modo), por que (causa).

 



Flexão do advérbio:

 



O advérbio pode flexionar-se nos graus comparativo e superlativo absoluto.

 



Comparativo de Superioridade: O advérbio flexiona-se no grau comparativo de superioridade por meio de mais … (do) que.
Ele agiu mais generosamente que você. (ou do que você)

 



Comparativo de Igualdade: O advérbio flexiona-se no grau comparativo de igualdade por meio de tão … como, tanto … quanto.
Ele agiu tão generosamente quanto você.

 



Comparativo de Inferioridade: O advérbio flexiona-se no grau comparativo de inferioridade por meio de menos … (do) que.
Ele agiu menos generosamente que você. (ou menos generosamente do que você).

 



Superlativo Absoluto Sintético: O advérbio flexiona-se no grau superlativo absoluto sintético por meio dos sufixos -issimamente, -íssimo ou -inho.
Ela agiu educadissimamente.
Ele é muitíssimo educado.
Acordo cedinho.

 



Superlativo Absoluto Analítico: O advérbio flexiona-se no grau superlativo absoluto analítico por meio de um advérbio de intensidade como muito, pouco, demais, assaz, tão, tanto…
Ela agiu muito educadamente.
Acordo bastante cedo.

 



Melhor e pior são formas irregulares do grau comparativo dos advérbios bem e mal; no entanto, junto a adjetivos ou particípios, usam-se as formas mais bem e mais mal.
Estes alunos estão mais bem preparados que aqueles.

 

Havendo dois ou mais advérbios terminados em -mente, numa mesma frase, somente se coloca o sufixo no último deles.
Ele agiu rápida, porém acertadamente.