Dílson Catarino – Página: 16 – Gramática On-line
11 de julho de 2014

Amo-a.

Amar é verbo transitivo direto, ou seja, que não admite preposição alguma (Quem ama, ama alguém). Os pronomes de terceira pessoa que representam um complemento sem preposição são o, a, os, as. Então, a frase apresentada está adequada ao padrão culto da língua: Amo-a. Seria inadequado dizer “Amo-lhe” ou “Amo ela”.
11 de julho de 2014

O professor chamou o aluno indisciplinado.

Ambiguidade, ou anfibologia, é, na gramática, a qualidade ou o estado do que é ambíguo, que, por sua vez, significa “que se pode tomar em mais de um sentido”. É o que ocorre com a frase apresentada no título deste texto: “O professor chamou o aluno indisciplinado”. Veja por quê:
11 de julho de 2014

Nina perdoou a Carminha, mas Tufão não lhe perdoou.

O último capítulo da novela “Avenida Brasil”, segundo alguns canais de notícias, foi o último capítulo de novela com o maior número de televisores ligados no canal em que ele passou. Dizem, inclusive, que a Presidenta Dilma adiou alguns compromissos para poder assistir a ele. Sabe-se lá se é fato ou boato. O que se sabe é que nunca se falou tanto sobre tantas personagens fictícias quanto de Tufão, Carminha, Nina, Max, etc.
11 de julho de 2014

Alteza, abra a porta!

Assistindo ao filme O Ilusionista, percebi que o tradutor do filme para a Língua Portuguesa cometeu alguns deslizes ao usar pronomes de tratamento.
10 de julho de 2014

Pronome relativo indefinido

Quem e onde podem ser pronomes relativos indefinidos
10 de julho de 2014

Preto e branco

A locução "preto e branco" é invariável.
10 de julho de 2014

A voz de vocês são muito especiais

Está certa essa frase?
10 de julho de 2014

Segunda a sexta, com ou sem crase?

Só se usa crase diante de palavras femininas.