Dílson Catarino – Página: 60 – Gramática On-line
31 de dezembro de 2013

Encontros consonantais

Encontro consonantal é o agrupamento de consoantes. Há três tipos de encontros consonantais: puro, disjunto e fonético.
31 de dezembro de 2013

Consoantes

Para a fonética, consoante é um obstáculo realizado pelo aparelho fonador, principalmente pela cavidade bucal. Existem as seguintes consoantes na Língua Portuguesa: 20 letras consoantes: b, c, d, f, g, h, j, k, l, m, n, p, q, r, s, t, v, x, w, z; 19 fonemas consonantais: /b/, /k/, /s/, /d/, /f/, /g (gue)/, /j/, /l/, /lh/, /m/, /n/, /nh/, /p/, /r/, /R/, /t/, /v/, /x/, /z/
31 de dezembro de 2013

Encontros vocálicos

Encontro vocálico é o agrupamento de vogais e semivogais. Há três tipos de encontros vocálicos: hiato, ditongo e tritongo.
31 de dezembro de 2013

Semivogais

Semivogais são fonemas vocálicos, ou seja, fonemas semelhantes às vogais por terem som de vogal, porém com duração menor que o desta.
31 de dezembro de 2013

Vogais

Vogais são sons formados pela vibração das pregas vocais e modificados segundo a forma das cavidades supralaríngeas. Na produção de um fonema vocálico (vogal) não há obstáculo para a saída do ar.
31 de dezembro de 2013

Introdução à Fonética

A Fonética, ou Fonologia, estuda os sons emitidos pelo ser humano para efetivar a comunicação. Diferentemente da escrita, que conta com as letras - vogais e consoantes -, a Fonética se ocupa dos fonemas (= sons); são eles as vogais, as consoantes e as semivogais.
31 de dezembro de 2013

Formação das palavras

Para analisar a formação de uma palavra, deve-se procurar a origem dela. Caso seja formada por apenas um radical, diz-se que foi formada por derivação; por dois ou mais radicais, composição.
26 de dezembro de 2013

Estrutura das palavras

Estudar a estrutura das palavras é estudar os elementos que formam a palavra, denominados de morfemas. São os seguintes os morfemas da Língua Portuguesa.