Verbos – Página: 2 – Gramática On-line
28 de julho de 2014

Já requereu o passaporte?

Alguns verbos trazem muitas dificuldades aos estudantes e estudiosos da Língua Portuguesa. A maioria dos verbos é regular, ou seja, não sofre mudanças em sua conjugação; os irregulares e os anômalos, porém, sofrem-nas; e os defectivos não têm a conjugação completa.
24 de julho de 2014

Eu não premeio quem não merece que o premeiem.

Essa frase soa estranhissimamente aos ouvidos brasileiros, pois estamos acostumados com o uso regular dos verbos terminados em -iar, apesar de sabermos que existem casos especiais, como odiar, cuja conjugação na primeira pessoa do singular do presente do indicativo é Eu odeio. Todos sabemos disso. Mas Eu premeio ... que o premeiem? Que esquisitice é essa?
9 de julho de 2014

Possa ser que eu vá.

Inadequação ao padrão culto da língua.
9 de julho de 2014

Se ele vier ou Se ele vir?

Dois verbos diferentes.
9 de julho de 2014

Se o jovem soubesse que o pai fosse inventivo…

Fosse ou era?
9 de julho de 2014

Verbos ver e vir; como os conjugar?

Algumas formas são idênticas.
9 de julho de 2014

Conjugação do verbo “viger”

Viger, cujo significado é "ter vigor, ou estar em vigor ou em execução" é verbo defectivo.
7 de julho de 2014

Já deveríamos ter resolvido isso.

Há algum tempo, ouvi uma entrevista de um eminente político londrinense, que elaborou um frase bastante interessante do ponto de vista gramatical. Quem o ouviu, entendeu perfeitamente o que ele quis dizer, mas, aos meus ouvidos, soou assaz estranha a frase. Disse ele o seguinte: Já éramos para ter resolvido isso.