Verbos – Página: 3 – Gramática On-line
7 de julho de 2014

Feliz aquele que anseia por um futuro melhor.

Infeliz aquele que não procura desenvolver-se culturalmente. A ordem do dia é procurar o crescimento intelectual a fim de que não se fique estagnado no tempo e não seja deixado para trás pelos mais "inteligentes". Aprender a própria língua é uma obrigação de todos. Não se deve desprezar o nosso idioma. Eu anseio por que o dia em que todos valorizem a língua chegue. É isso mesmo: Eu anseio, e não eu ansio.
5 de julho de 2014

Aerar o vinho é um erro.

Apreciadores de vinho, leiam a explicação e entendam por que é um erro aerar o vinho.
10 de junho de 2014

Vai haver a Copa.

Não vai ter Copa é inadequado. Veja por quê.
6 de junho de 2014

Atende-vos ao que vos for pedido.

Uso do imperativo, modo verbal que indica ordem, pedido, conselho ou apelo.
20 de maio de 2014

Havia 22 anos que o Londrina não conquistava o Campeonato Paranaense

Há situações em que o verbo haver deve ser usado no pretérito imperfeito do indicativo - havia - e não no presente do indicativo - há.
29 de abril de 2014

A cidade reprova no teste da transparência (ou é reprovada?)

Num jornal da região havia a seguinte frase como manchete do dia: “A cidade reprova no teste da transparência”, acerca da Lei n° 12.527/11, que passou a vigorar naquela época. A Lei diz que os órgãos públicos têm de fornecer um sistema, denominado de Sistema de Informações ao Cidadão (SIC), para garantir a qualquer interessado a possibilidade de obter as mais variadas informações.
29 de abril de 2014

Enxague os cabelos! Como se pronuncia?

Os verbos terminados em –guar, –quar e –quir, como aguar, desaguar, enxaguar, minguar, adequar, obliquar (andar em direção oblíqua; proceder sem franqueza, dissimular), apropinquar (aproximar), alonginquar (afastar), antiquar e delinquir passaram a ter dois modelos de conjugação segundo o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa.
25 de abril de 2014

Se ele propuser ou Se ele propor?

“Se ele propuser...”, pois, quando se iniciar oração por “se” ou por “quando”, focalizando a ação num futuro hipotético, o verbo estará conjugado no tempo denominado de futuro do subjuntivo. O verbo pôr e todos os verbos derivados dele, nesse tempo, têm a estrutura “...puser...”.