Das sequências consonânticas – Gramática On-line
Da homofonia de certos grafemas consonânticos
1 de março de 2014
Das vogais átonas
1 de março de 2014

Das sequências consonânticas

1º) O

c, com valor de oclusiva velar, das sequências interiores

cc

(segundo

c

com valor de sibilante),

e

ct, e o

p

das sequências interiores

pc

(c

com valor de sibilante),

e

pt, ora se conservam, ora se eliminam.

Assim:

a) Conservam-se nos casos em que são invariavelmente proferidos nas pronúncias cultas da língua:

compacto, convicção, convicto, ficção, friccionar, pacto, pictural; adepto, apto, díptico, erupção, eucalipto, inepto, núpcias, rapto.

b) Eliminam-se nos casos em que são invariavelmente mudos nas pronúncias cultas da língua: ação, acionar, afetivo, aflição, aflito, ato, coleção, coletivo, direção, diretor, exato, objeção; adoção, adotar, batizar, Egito, ótimo.

c) Conservam-se ou eliminam-se, facultativamente, quando se proferem numa pronúncia culta, quer geral, quer restritamente, ou então quando oscilam entre a prolação e o emudecimento: aspecto e aspeto, cacto e cato, caracteres e carateres, dicção e dição; facto e fato, sector e setor, ceptro e cetro, concepção e conceção, corrupto e corruto, recepção e receçâo.

d) Quando, nas sequências interiores

mpc, mpç

e

mpt

se eliminar o

p

de acordo com o determinado nos parágrafos precedentes, o

m

passa a

n, escrevendo-se, respetivamente,

nc, nç e

nt:

assumpcionista e assuncionista; assumpção e assunção; assumptível e assuntível; peremptório e perentório, sumptuoso e suntuoso, sumptuosidade e suntuosidade.

2º) Conservam-se ou eliminam-se, facultativamente, quando se proferem numa pronúncia culta, quer geral, quer restritamente, ou então quando oscilam entre a prolação e o emudecimento: o

b da sequência

bd, em

súbdito; o

b

da sequência

bt, em

subtil

e seus derivados; o

g

da sequência

gd, em

amígdala, amigdalácea, amigdalar, amigdalato,
amigdalite, amigdaloide, amigdalopatia, amigdalotomia
; o

m

da sequência

mn, em

amnistia, amnistiar, indemne, indemnidade, indemnizar, omnímodo, omnipotente, omnisciente, etc.; o

t

da sequência

tm, em

aritmética

e

aritmético.