É necessário perseverança ao governo. – Gramática On-line
Esqueci o nome dela. / Esqueci-me do nome dela.
14 de março de 2014
TesteGelt
17 de março de 2014

É necessário perseverança ao governo.

Quando se usar o verbo ser, ou o verbo estar, com algum adjetivo, como necessário ou proibido, este (o adjetivo) só concordará em gênero (masculino, feminino) e número (singular, plural) com o substantivo, quando anteriormente a este (ao substantivo) houver algum elemento modificador (artigo, pronome…). Caso contrário, ou seja, se não houver elemento modificador do substantivo, o adjetivo ficará na forma masculina, singular. Veja alguns exemplos:

– É proibido entrada. Não há elemento modificador do substantivo entrada, por isso o adjetivo proibido fica na forma masculina, singular.

– É proibida a entrada. Há o artigo feminino, singular, a, modificando o substantivo entrada, por isso o adjetivo proibido concorda com ele: proibida.

– A quem esta entrada é proibida? Há o pronome demonstrativo feminino, singular, esta, modificando o substantivo entrada, por isso o adjetivo proibido concorda com ele: proibida.

– É necessário paciência. Não há elemento modificador do substantivo paciência, por isso o adjetivo necessário fica na forma masculina, singular.

– É necessária muita paciência. Há o pronome indefinido feminino, singular, muita, modificando o substantivo paciência, por isso o adjetivo necessário concorda com ele: necessária.

– Aos vestibulandos é proibido angústias. Não há elemento modificador do substantivo angústias, por isso o adjetivo proibido fica na forma masculina, singular.

– Aos vestibulandos são proibidas as angústias. Há o artigo definido feminino, plural, as, modificando o substantivo angústia, por isso o adjetivo proibido concorda com ele: proibidas.

A frase apresentada pode, então, ser corrigida de duas maneiras diferentes:

– É necessária a perseverança ao Governo.
– É necessário perseverança ao Governo.