Os pronomes relativos qual, onde e quanto. – Gramática On-line

Tudo o que você precisa saber sobre
Gramática está aqui!

O pronome relativo cujo.
19 de novembro de 2018
O pronome relativo quem.
19 de novembro de 2018

Os pronomes relativos qual, onde e quanto.

 O Pronome Relativo Qual

 

Este pronome tem o mesmo valor de que e de quem. É sempre antecedido de artigo, que concorda com o elemento antecedente, ficando o qual, a qual, os quais, as quais.

 

Se a preposição que anteceder o pronome relativo possuir duas ou mais sílabas, só poderemos usar o pronome qual, e não que nem quem. Então só se pode dizer o seguinte: 

 

O juiz perante o qual testemunhei.

– Os assuntos sobre os quais conversamos.

E não O juiz perante quem testemunhei nem Os assuntos sobre que conversamos.



Outro exemplo:

 

– Meu irmão comprou o restaurante.

-Eu falei a você sobre o restaurante.

 

Substantivo repetido = restaurante

Colocação do pronome após o substantivo = Meu irmão comprou o restaurante que …

Restante da outra oração = … eu falei a você.

Junção de tudo = Meu irmão comprou o restaurante que eu falei a você.

 

Observe que o verbo falar, na oração apresentada, foi usado com a preposição sobre, que deverá ser anteposta ao pronome relativo: 

 

Meu irmão comprou o restaurante sobre que eu falei a você.

 

Como a preposição sobre possui duas sílabas, não se pode usar o pronome que, e sim o qual, ficando, então, assim:

 

– Meu irmão comprou o restaurante sobre o qual eu falei a você.



O Pronome Relativo Onde

 

Este pronome tem o mesmo valor de em que. Sempre indica lugar, por isso funciona sintaticamente como adjunto adverbial de lugar. Se a preposição em for substituída pela prep. a ou pela prep. de, substitui-se onde por aonde donde, respectivamente. Por exemplo:

 

– O sítio aonde fui é aprazível.

– A cidade donde vim é belíssima.

 

Será Pronome Relativo Indefinido, quando puder ser substituído por O lugar em que. Por exemplo:

 

– Eu nasci onde você nasceu.

– Eu nasci no lugar em que você nasceu.



Outro exemplo:

 

– Eu conheço a cidade. Sua sobrinha mora na cidade.

 

Substantivo repetido = cidade

Colocação do pronome após o substantivo = Eu conheço a cidade que…

Restante da outra oração = … sua sobrinha mora.

Junção de tudo = Eu conheço a cidade que sua sobrinha mora.

O verbo morar exige a prep. em, pois quem mora, mora em algum lugar. Então:

 

Eu conheço a cidade em que sua sobrinha mora.

– Eu conheço a cidade na qual sua sobrinha mora.

– Eu conheço a cidade onde sua sobrinha mora.



O Pronome Relativo Quanto:

 

Este pronome é sempre antecedido de tudo, todos, todas, concordando com esses elementos (tudo quanto, todos quantos, todas quantas).

 

Fale tudo quanto quiser falar.

– Traga todos quantos quiser trazer.

– Beba todas quantas quiser beber.