Plural dos substantivos compostos – Gramática On-line

Tudo o que você precisa saber sobre
Gramática está aqui!

Artigos definidos e indefinidos
20 de junho de 2018
Plural dos substantivos simples
19 de novembro de 2018

Plural dos substantivos compostos

Para se pluralizar um substantivo composto, devem-se analisar os elementos que o formam. Por exemplo:

banana-nanica é composto por um substantivo e um adjetivo, ambos pluralizáveis, portanto seu plural será bananas-nanicas;

beija-flor é composto por um verbo, invariável quanto à pluralização, e um substantivo pluralizável, portanto seu plural será beija-flores.

 

Estudemos, então, os elementos que podem formar um substantivo composto e sua respectiva pluralização.

 

1) substantivo + substantivo / substantivo + adjetivo / adjetivo + substantivo / numeral + substantivo:

Ambos se pluralizam:

 

abelha-mestra = abelhas-mestras

abelha-europeia = abelhas-europeias

aluno-mestre = alunos-mestres

terra-nova = terras-novas

erva-doce = ervas-doces

alto-relevo = altos-relevos

alta-sociedade = altas-sociedades

alta-roda = altas-rodas

arroz-doce = arrozes-doces

gentil-homem = gentis-homens

segunda-feira = segundas-feiras

cachorro-quente = cachorros-quentes

 

Exceção:

 

o nova-iorquino = os nova-iorquinos

a nova-iorquina = as nova-iorquinas

 

2) substantivo + pronome:

Só o substantivo se pluraliza:

 

zé-ninguém = zés-ninguém

joão-ninguém = joões-ninguém

 

3) verbo + substantivo / advérbio + adjetivo / Interjeição + substantivo / elemento de composição ou prefixo + substantivo:

Somente o último elemento se pluraliza.

 

pica-pau = pica-paus

beija-flor = beija-flores

alto-falante = alto-falantes

abaixo-assinado = abaixo-assinados

salve-rainha = salve-rainhas

ave-maria = ave-marias

 

grã0- e grã- = formas reduzidas de “grande”, são invariáveis

 

o grão-mestre ou o grã-mestre = os grão-mestres ou os grã-mestres

a grão-mestra ou a grã-mestra = as grão-mestras ou as grã-mestras

o/a grão-cruz ou o/a grã-cruz = os/as grão-cruzes ou os/as grã-cruzes

o grã-fino = os grã-finos

a grã-fina = as grã-finas

o grão-duque = os grão-duque

a grã-duquesa = as grã-duquesas

 

para- = forma reduzida de “parar”

Os substantivos compostos iniciados pela forma verbal para-, do verbo “parar”, perderam o acento em virtude da Reforma Ortográfica: para-brisa, para-raio, para-choque, para-lama. Os substantivos paraquedas, paraquedista e paraquedismo perderam também o hífen.

Só o último se pluraliza:

para-brisas, para-choques, para-lamas

 

Casos especiais

 

1) Substantivo + Substantivo em que o segundo indica tipo ou finalidade do primeiro:

 

Modernamente, os autores têm admitido duas pluralizações para os substantivos compostos formados por dois substantivos em que o segundo indique tipo ou finalidade do primeiro: ambos no plural ou somente o primeiro. O Volp corrobora com isso, ou seja, confirma isso.

 

abelha-europa: abelhas-europa e abelhas-europas

banana-maçã = bananas-maçã e bananas-maçãs

salário-família = salários-família e salários-famílias

couve-flor = couves-flor e couves-flores

 

Cuidado com substantivos compostos como laranja-baiana e salário-mínimo, pois ocorre a soma de substantivo com adjetivo. Ambos os elementos se pluralizam:

laranjas-baianas

salários-mínimos

 

Salário-mínimo, com hífen, é o nome dado ao trabalhador que recebe o salário mínimo, sem hífen, que é o salário propriamente dito.

 

2) Três ou mais palavras:

 

Se o segundo elemento for uma preposição, só o primeiro irá para o plural.

pimenta-do-reino = pimentas-do-reino

canas-de-açúcar

pimentas-do-reino

 

Essa regra também vale para as locuções substantivas não hifenizadas:

pés de moleque

mulas sem cabeça

 

Observe que pé de moleque e mula sem cabeça perderam o hífen em virtude da Reforma Ortográfica.

Os substantivos compostos cujos elementos são ligados por uma preposição ou por uma conjunção, não mais têm hífen, a não ser que se forme palavra denominadora de espécie botânica ou zoológica, como pimenta-do-reino, cana-de-açúcar, copo-de-leite, ou se for uma das exceções, que são as seguintes palavras:

água-de-colônia, arco-da-velha, mais-que-perfeito e pé-de-meia além do adjetivo composto cor-de-rosa.

 

Cuidado: Se o primeiro elemento for invariável, o substantivo todo ficará invariável

os fora da lei, os fora de série.

 

Se o segundo elemento não for uma preposição, mas sim outra palavra átona qualquer, só o último irá para o plural. Palavra átona é aquela que não pode ser usada sozinha em uma frase, como preposição, conjunção, pronome oblíquo átono, artigo, etc.

bem-te-vi = bem-te-vis

bem-me-quer = bem-me-queres

 

3) Verbo + Verbo (iguais)

 

Modernamente, os autores têm admitido duas pluralizações para os substantivos compostos formados por dois verbos iguais: ambos no plural ou somente o último.

corre-corre = corres-corres ou corre-corres.

pisca-pisca = piscas-piscas ou pisca-piscas,

 

Obs.: O Volp, 5° edição, registra somente o plural lambe-lambes para o substantivo lambe-lambe, cujo significado é, segundo o dicionário Houaiss, “fotógrafo ambulante que fica geralmente postado em praças e jardins públicos”.

 

Se os verbos possuírem significação oposta, ficam invariáveis.

 

o leva e traz = os leva e traz

o ganha-perde = os ganha-perde

 

4) Palavras Repetidas ou Onomatopeia:

 

Quando o substantivo for formado por palavras repetidas – exceto verbos -, com ou sem alternância vocálica ou consonantal, ou quando formar uma onomatopeia, somente o último irá para o plural.

 

blá-blá-blá = blá-blá-blás

zum-zum = zum-zuns

zum-zum-zum = zum-zum-zuns

tique-taque = tique-taques

lero-lero = lero-leros

pingue-pongue = pingue-pongues

tico-tico = tico-ticos

 

5) Substantivo composto iniciado por Guarda:

A) Formando pessoa:

Ambos irão para o plural.

 

guarda-noturno = guardas-noturnos

guarda-florestal = guardas-florestais

guarda-mirim = guardas-mirins

 

B) Formando objeto:

Somente o último irá para o plural.

 

guarda-pó = guarda-pós

guarda-chuva = guarda-chuvas

guarda-roupa = guarda-roupas

guarda-sol = guarda-sóis

 

C) Sendo o segundo elemento invariável ou já no plural:

Ficam invariáveis.

O mesmo acontece com os substantivos iniciados por porta.

 

o guarda-costas = os guarda-costas

o guarda-volumes = os guarda-volumes

o porta-joias = os porta-joias

o porta-malas = os porta-malas

 

 

6) Substantivos que admitem mais de um plural:

A) Ambos, só o último ou só o primeiro:

guarda-marinha = guardas-marinhas, guarda-marinhas, guardas-marinha

 

B) Amos ou só o último:

padre-nosso = padres-nossos, padre-nossos

pai-nosso = pais-nossos, pai-nossos

salvo-conduto = salvos-condutos, salvo-condutos

zé-povinho = zés-povinhos, zé-povinhos

 

C) Ambos os só o primeiro:

xeque-mate = xeques-mates, xeques-mate.

chá-mate = chás-mates, chás-mate

fruta-pão = frutas-pão, frutas-pães

 

7) Substantivos compostos sem hífen:

Somente o último se pluraliza

Os pontapés, os girassóis, os malmequeres, os paraquedistas

 


Artigos definidos e indefinidos