Presente do indicativo, presente do subjuntivo e modo imperativo – Gramática On-line

Tudo o que você precisa saber sobre
Gramática está aqui!

Pretérito perfeito do indicativo, pretérito mais-que-perfeito do indicativo, futuro do subjuntivo e pretérito imperfeito do subjuntivo
19 de novembro de 2018
Formas rizotônicas e arrizotônicas
19 de novembro de 2018

Presente do indicativo, presente do subjuntivo e modo imperativo

Presente do indicativo dos verbos cantar, vender e partir, verbos regulares:

 

Eu canto                  vendo           parto

Tu cantas                vendes          partes

Ele canta                 vende           parte

Nós cantamos        vendemos   partimos

Vós cantais              vendeis         partis

Eles cantam            vendem        partem

 

O presente do indicativo forma o presente do subjuntivo e o modo imperativo.

 



Presente do subjuntivo:

 

O presente do subjuntivo é obtido pela eliminação da desinência -o da primeira pessoa do singular do presente do indicativo (eu).

 

Aos verbos de 1ª conjugação (os terminados em -ar), acrescenta-se -e; aos de 2ª e 3ª (os terminados em -er, -ir)-a, acrescentando-se, ainda, as mesmas desinências do presente do subjuntivo para os verbos regulares (– / s / – / mos / is / m).

 

– Eu canto (– o + e) =

Que eu cante

Que tu cantes

Que ele cante

Que nós cantemos

Que vós canteis

Que eles cantem


– Eu vendo (– o + a) =

Que eu venda

Que tu vendas

Que ele venda

Que nós vendamos

Que vós vendais

Que eles vendam


– Eu parto (– o + a) =

Que eu parta

Que tu partas

Que ele parta

Que nós partamos

Que vós partais

Que eles partam,

 

Exceções:

 

– Querer:

Eu quero, mas

Que eu queira

Que tu queiras

Que ele queira

Que nós queiramos

Que vós queirais

Que eles queiram


– Ir:

Eu vou, mas

Que eu vá

Que tu vás

Que ele vá

Que nós vamos

Que vós vades

Que eles vão


– Saber:

Eu sei, mas

Que eu saiba

Que tu saibas

Que ele saiba

Que nós saibamos

Que vós saibais

Que eles saibam


– Ser

Eu sou, mas

Que eu seja

Que tu sejas

Que ele seja

Que nós sejamos

Que vós sejais

Que eles sejam


– Haver:

Eu hei, mas

Que eu haja

Que tu hajas

Que ele haja

Que nós hajamos

Que vós hajais

Que eles hajam

 



Imperativo afirmativo:

O imperativo afirmativo provém tanto do presente do indicativo, quando do presente do subjuntivo:

 

– tu e vós provêm do presente do indicativo, sem a desinência -s

Canta, tu                 vende, tu                 parte, tu

Cantai, vós              vendei, vós              parti, vós (a sílaba tônica e “TI”)


– você, nós e vocês provêm do presente do subjuntivo.

Cante, você           venda, você          parta, você

Cantemos, nós      vendamos, nós      partamos, nós

Cantem, vocês      vendam, vocês     partam, vocês      

 

Exceção: Ser

Sê, tu

Seja, você

Sejamos, nós

Sede, vós

Sejam, vocês

 



Imperativo negativo:

O imperativo negativo provém do presente do subjuntivo:

 

Não cantes, tu                 não vendas, tu                 não partas, tu

Não cante, você             não venda, você             não parta, você

Não cantemos, nós         não vendamos, nós        não partamos, nós

Não canteis, vós              não vendais, vós              não partais, vós

Não cantem, vocês        não vendam, vocês       não partam, vocês