Chegamos x Chegámos – Gramática On-line

Gramática e Produção de textos
descomplicadas!

Exame admissional não é adequado.
23 de outubro de 2019
Adeque x Adéque
27 de outubro de 2019

Chegamos x Chegámos

Eduardo Chadwick, enólogo da Viña Errázuriz, entrevistado pela revista Adega, disse a seguinte frase, registrada na escrita assim:

“No Brasil, somos conhecidos, há uma história, nosso vinho é reconhecido como tendo qualidade. Mas, quando chegamos ao mercado americano, e também na Inglaterra, eles não conheciam o vinho chileno.”

Há um erro de regência nessa frase e um pequeno problema de clareza facilmente resolvível.

Você consegue identificá-los?

Quais são eles e como corrigi-los?


 

As vírgulas em “… somos conhecidos, há uma história, nosso vinho é reconhecido…” devem ser substituídas por ponto e vírgula, pois há a omissão de conjunções coordenadas. 


O erro de regência é a utilização da preposição “em” em vez de “a” em “na Inglaterra”.

Como se usou o substantivo “mercado”, deve-se usar um adjetivo: “… ao mercado americano e ao britânico…”. 


O problema de clareza está na falta de um acento. Observe:

Ao ler o trecho “… quando chegamos ao mercado americanos…”, tem-se a impressão de o verbo estar conjugado no presente do indicativo. Está, porém, no pretérito perfeito do indicativo. Este tempo pode ter acento agudo – principalmente se houver necessidade de clareza. Seria melhor, portanto, usar-se o acento:

“… quando chegámos ao mercado americano…”

A pronúncia também se modifica: fala-se com “a” mais aberto que o comum.


Paroxítonas