Almoço de terça a sexta – sem crase – Gramática On-line

Gramática e Produção de textos
descomplicadas!

Diferentes estruturas sintáticas
30 de novembro de 2018

Almoço de terça a sexta – sem crase

Num restaurante de Londrina, há a seguinte promoção:

 

“Trazendo cinco amigos para almoçar de terça à sexta, no restaurante, o aniversariante não paga.”

 

A frase está conforme o padrão?

 

Não está. Há uma inadequação gramatical e uma ambiguidade. Vejamo-las:

 

Inadequação gramatical: Não se deve usar o acento indicador de crase entre os dias da semana sem determinante. O adequado, então, é “de terça a sexta” ou “de terça-feira a sexta-feira”.

 

A ausência do acento indicador de crase ocorre em virtude da correlação de elementos sem determinante.

Numa correlação de elementos, se o primeiro não tiver determinante, o segundo também não o terá; se o primeiro elemento o tiver, o segundo também o terá. O mesmo ocorre com os numerais indicadores de horas:

 

De terça a sexta, atenderemos de 8h a 10h.

Em ambas as correlações, os elementos não têm determinantes, por isso há somente a preposição “de” antes de “terça” e de “8h” e somente a preposição “a” antes de “sexta” e de “10h”.

 

Da segunda terça-feira à última quarta-feira, atenderemos das 8h às 10h.

Em ambas as correlações, os elementos têm determinantes: “terça-feira” tem o determinante “segunda”; “quarta-feira”, o determinante “última”, por isso há o artigo “a” antes de “segunda” aglutinado à preposição “de” e antes de “quarta-feira”, contraído com a preposição “a”, formando crase.

“8h” tem o determinante “as”, aglutinado à preposição “de”; “10h”, o determinante “a”, contraído com a preposição “a”, por isso o acento indicador de crase.

 

 

Ambiguidade: a expressão “de terça a sexta” apresenta uma acepção por aproximação. Acepção é cada um dos significados de uma palavra ou de uma frase conforme o contexto em que estejam.

Na frase do restaurante, em virtude da aproximação entre tal expressão e o verbo “almoçar”, pode haver o sentido de “almoçar de terça a sexta”, ou seja, para o aniversariante ganhar o ‘presente’ terá de levar os cinco amigos terça, quarta, quinta e sexta para almoçar no restaurante.

 

A intenção, porém, é informar que, no dia em que a pessoa aniversariar, sendo de terça a sexta, se ela levar cinco amigos para almoçar no restaurante, não pagará sua parte.

 

Da maneira como a frase está apresentada, há ainda – com exagero na análise – a possibilidade de o aniversariante não pagar nada, mas seus amigos pagarem a conta total. O ideal, portanto, seria indicar que o aniversariante não pagará a sua parte; os demais, cada um pagará a sua.

 

A frase, então, poderia ser assim reescrita:

 

De terça a sexta, o aniversariante do dia, trazendo cinco amigos para almoçar no restaurante, não paga sua parte.