Houve ou houveram problemas? – Gramática On-line

Gramática e Produção de textos
descomplicadas!

Mega show, mega-show, megasshow ou megashow?
12 de novembro de 2018
Parolimpíada, parolimpíada ou paraolimpíada?
12 de novembro de 2018

Houve ou houveram problemas?

Houve problemas, pois o verbo haver, no sentido de existir ou acontecer, ou na indicação de tempo decorrido, é impessoal. Que significa isso? Significa que ele não tem sujeito, consequentemente não tem com que concordar, devendo ficar na terceira pessoa do singular, esteja sozinho ou participando de uma locução verbal.

Os verbos existir e acontecer, porém, têm sujeito e com ele concordam. Na indicação de tempo decorrido, pode-se substituir haver por fazer, também impessoal.

 

Quando participar de uma locução verbal, haver e seu auxiliar (poder, dever, ter, haver, estar, etc.) ficarão na terceira pessoa do singular quando houver o sentido de existir ou de acontecer ou ainda quando houver a indicação de tempo decorrido.

Os auxiliares de existir e de acontecer concordam com o sujeito.

Fazer e seu auxiliar, na indicação de tempo decorrido, ficarão na terceira pessoa do singular.

 

– Deverá haver muitas reclamações.

– Deverão acontecer muitas reclamações.

– Há duas semanas que não o vejo.

– Faz duas semanas que não o vejo.

– Deve haver duzentas pessoas esperando.

– Devem existir duzentas pessoas esperando.

– Poderá haver complicações legais.

– Poderão existir complicações legais.

– Poderão acontecer complicações legais.

– Sempre houve homens honestos no Congresso Nacional.

– Sempre existiram homens honestos no Congresso Nacional.

– Havia promessas de novos empregos.

– Existiam promessas de novos empregos.

– Há de haver homens íntegros!

– Hão de existir homens íntegros!

– Tem havido muitos problemas.

– Têm existido muitos problemas.