Já passava das 7h quando ela chegou. – Gramática On-line

Gramática e Produção de textos
descomplicadas!

Posições num time de futebol
19 de novembro de 2018
Sujeito oculto x Sujeito indeterminado
19 de novembro de 2018

Já passava das 7h quando ela chegou.

Existem poucos verbos denominados de impessoais; são os verbos que não têm sujeito, por isso não têm com quem concordar, ficando na terceira pessoa do singular sempre. São eles:

1- Verbos indicadores de fenômeno da natureza, direta ou indiretamente.

    Choveu ontem.

    Faz muito frio por aqui.

    Já é outono!

2- Verbo fazer indicando fenômeno da natureza ou tempo decorrido:

    Faz muito frio por aqui.

    Faz dois anos que não o vejo.

3- Verbo haver significando existir ou acontecer ou ainda indicando tempo decorrido:

    Há muitos homens honestos.

    Houve várias festas em Londrina.

    Há dois anos que não o vejo.

4- Verbos chegar e bastar no imperativo:

    Chega de conversa.

    Basta de bagunça.

5- Verbo ser indicando horas, datas e distância. Esse é o único verbo impessoal que não fica no singular obrigatoriamente:

    São 2h.

    São 4km até lá

    Hoje é vinte e dois de março.

6- Verbo passar, acompanhado da preposição de, indicando horas:

    Já passa das 7h.

 A frase apresentada no início do texto não tem sujeito, portanto. Por isso o verbo passar não pode ser acompanhado do pronome se, como é muito comum no dia a dia.

O pronome se, quando acompanhar verbo com preposição, será denominado de índice de indeterminação do sujeito, o que indica que o sujeito é indeterminado. Mas, como pode ser indeterminado o sujeito, se o verbo é impessoal?

Conclui-se que, junto do verbo passar, acompanhado da preposição de, o pronome se não pode ser utilizado:

Já passava das 7h quando ela chegou.