Qualquer x nenhum x algum – Gramática On-line

Gramática e Produção de textos
descomplicadas!

Complemento nominal x adjunto adnominal
30 de novembro de 2018
Benefícios da leitura
30 de novembro de 2018

Qualquer x nenhum x algum

Esses dias, li uma notícia na internet sobre uma DST (doença sexualmente transmissível) resistente a todos os tratamentos realizados com antibióticos. O trecho que nos importa para o assunto de hoje é o seguinte:

 

– “A bactéria que provoca a DST costuma ser tradicionalmente combatida com antibióticos, mas se não tratada, pode levar à infertilidade feminina ou provocar infecções no sistema urinário masculino, levando os homens a sentir dor ao urinar. Entre mulheres, mesmo contaminadas, elas podem não apresentar qualquer sintoma da doença”.

 

Essa frase apresenta uma inadequação gramatical, que é o uso do pronome qualquer no lugar do também pronome nenhum. Qualquer é pronome indefinido, por isso indica indeterminação, mas não tem sentido negativo nem quando usado em frases negativas, porque não expressa exclusão, o que é feito com o pronome nenhum ou com algum, o que já, já veremos. O significado do pronome qualquer é “um dentre muitos, sem escolher”, “seja qual for”, “quem quer que seja”.

 

Em frases afirmativas, o uso é adequado, como na frase seguinte:

 

– Qualquer homem pode fazer este trabalho.

 

Ou seja “um dentre muitos homens, sem escolher, pode fazer este trabalho”, “seja qual homem for”, “quem quer que seja”. Essa frase é muito diferente destas:

 

– Nenhum homem pode fazer este trabalho.

– Homem algum pode fazer este trabalho.

 

Isso já demonstra a diferença entre estes pronomes, de sentido negativo, e aquele, afirmativo.

 

Em frases negativas, o seu uso será adequado somente se não indicar exclusão. Observe a diferença de sentido dos pronomes nas seguintes frases:

 

– Não tome qualquer remédio.

– Não tome nenhum remédio.

 

Aquela frase significa que você deve tomar remédios específicos, não um dentre muitos, sem escolher; já esta significa que você deve abster-se de remédios, deve excluir os remédios.

 

A frase apresentada no início de nosso texto tem significado diferente do pretendido pelo autor, pois dizer que a mulher não apresenta qualquer sintoma da doença significa dizer que ela não apresenta um dentre muitos sintomas, mas não exclui todos os sintomas, ou seja, ela pode apresentar alguns deles. O sentido, porém, é de exclusão, portanto a frase deveria ser assim construída:

 

Entre mulheres, mesmo contaminadas, elas podem não apresentar nenhum sintoma da doença.

 

Veja outros exemplos:

 

– Duas linhas paralelas não se encontram em qualquer ponto.

 

Frase inadequada, pois significa que as linhas não se encontram em um ponto dentre muitos, mas podem encontrar-se em outros pontos. O sentido, no entanto, é de exclusão: não há encontro entre as linhas paralelas jamais, portanto o adequado seria escrever

 

– Duas linhas paralelas não se encontram em nenhum ponto.

 

NENHUM X ALGUM

 

O pronome algum designa indivíduo, lugar ou coisa desconhecida ou indeterminada; o pronome nenhum é usado para excluir qualquer dos indivíduos da espécie referida pelo substantivo ou pronome a que está ligado. Este usado em frases negativas, já que exclui; aquele, em frases afirmativas:

 

– Algum amigo me acudirá.

 

Essa frase significa que um amigo indeterminado me acudirá.

 

– Nenhum amigo me acudirá.

 

Essa frase significa que se excluem todos os amigos: não haverá amigo me acudindo.

 

Há, porém, um uso do algum em sentido negativo: quando usado posposto ao substantivo a que se refere:

 

– Nenhum amigo me acudirá.

 

Essa frase tem o mesmo sentido desta:

 

– Amigo algum me acudirá.

 

Todas as frases apresentadas neste texto em sentido negativo podem ter o pronome nenhum substituído pelo pronome algum:

 

– Não tome nenhum remédio = Não tome remédio algum.

 

Entre mulheres, mesmo contaminadas, elas podem não apresentar nenhum sintoma da doença = Entre mulheres, mesmo contaminadas, elas podem não apresentar sintoma algum da doença.

 

– Duas linhas paralelas não se encontram em nenhum ponto = Duas linhas paralelas não se encontram em ponto algum.

 

– O cheque não pode ser assinado por nenhum diretor = O cheque não pode ser assinado por diretor algum.