Os estrondosos trompetistas que somente Cuba jamais produziu. – Gramática On-line
A cidade reprova no teste da transparência (ou é reprovada?)
29 de abril de 2014
A maioria dos arrastões em restaurantes é após as 22h.
29 de abril de 2014

Os estrondosos trompetistas que somente Cuba jamais produziu.

OS ESTRONDOSOS TROMPETISTAS QUE SOMENTE CUBA JAMAIS PRODUZIU.

O Professor Virgílio Tomasetti Júnior escreveu um artigo intitulado “Cuba, Brasil e similares”, no qual havia a seguinte frase, tida por alguns como inadequada ao padrão culto de nosso idioma: “Sou apaixonado pelo mambo de Cachao, pela música camponesa e bela de Compay, Uchoa, Ferrer, Omara, Gonzales do piano e pelos estrondosos trompetistas que somente Cuba jamais produziu.”

 

O problema, dizem os que julgam estar inadequada a frase, está no uso do vocábulo “jamais”, cujo significado é “em tempo nenhum, nunca”.
Como pode estar certo o trecho “…somente Cuba jamais produziu”? Somente Cuba nunca produziu? É lógico que está errado, dizem eles. Ocorre, porém, que “jamais” não possui somente esse significado. Leia o que dizem nossos dicionários:

 

O dicionário Aurélio registra os seguintes significados:

 

1) Em tempo nenhum; nunca, e exemplifica com a seguinte frase, de Eugênio de Castro, em Obras Poéticas:

 

– “Jamais esquecerei o olhar que me volveste”.

 

2) Em algum ou qualquer tempo passado; já, e exemplifica com a frase de Antônio Feliciano de Castilho, em O Outono:

 

– “Conheceis o povo? o que o povo padece ouviram-no jamais os ouvidos dos reis?”

 

3) Principalmente; sobretudo, e exemplifica com a frase de Conde de Ficalho, em Uma eleição perdida:

 

– “O pai falava tantas vezes no Sr. Júlio, jamais agora, sabendo que o esperavam”.

 

O dicionário Houaiss registra os seguintes significados:

 

1) Em nenhuma oportunidade ou momento (passado ou futuro); nunca, e apresenta como exemplo as frases:

 

– “Jamais saberemos a verdade sobre esse caso; Jamais se viu coisa como essa”.

 

2) Sob nenhuma condição; de modo algum, e apresenta o exemplo:

 

– “Jamais me peça tal coisa”.

 

3) Algum dia, alguma vez, em algum tempo, e apresenta o exemplo:

 

– “Se jamais se lembrar de mim, escreva-me”.

 

O dicionário Aulete registra os seguintes significados:

 

1) Em nenhum momento; nunca: “O que me importa sua voz chamando, se pra você jamais eu fui alguém…”.

 

2) Em alguma ou qualquer ocasião; já: “O ataque terrorista mais bárbaro que jamais se viu.”

 

3) De nenhuma maneira: “Queria um tecido que jamais amarrotasse.”

 

Observe, então, que o vocábulo “jamais” não tem como único significado aquele a que estamos acostumados a usar no dia a dia: “nunca; em tempo nenhum; em nenhuma oportunidade”. O significado usado pelo Prof. Virgílio é incomum, mas adequadíssimo à língua padrão. “Jamais” foi usado no sentido de “em algum ou qualquer tempo passado; já; algum dia, alguma vez, em algum tempo”:

 

– “Sou apaixonado (…) pelos estrondosos trompetistas que somente Cuba já produziu.”;
– “Sou apaixonado (…) pelos estrondosos trompetistas que somente Cuba produziu em algum tempo no passado.”;
– “Sou apaixonado (…) pelos estrondosos trompetistas que somente Cuba produziu algum dia.”

 

Mais uma observação acerca de vocábulos que têm significado distinto daquele a que nos acostumamos: “nunca” também pode ter sentido afirmativo da mesma forma como ocorre com “jamais”. “Nunca” pode significar “alguma vez, em algum tempo passado; já não; já”. Leia os exemplos registrados pelos dicionários:

 

Aurélio: “O rouxinol mais poeta e namorado que nunca vi” (Antônio Feliciano de Castilho, Escavações poéticas).

 

Houaiss: “Quem nunca se aterrorizou com os próprios sentimentos?”

 

Alguns vocábulos têm sentido único; outros, no entanto, vários. Há aqueles que perdem determinados sentidos por a população não mais os usarem. É o que acontece com “jamais” e “nunca”. Raros são os que utilizam o sentido positivo desses vocábulos, mas ainda é adequado o seu uso.

 

O maior problema é saber quando se deve interpretar com o sentido positivo ou com o negativo. Imagine um político corrupto num depoimento à justiça, dizendo “Jamais aceitei propina de ninguém!” Já aceitou ou em tempo nenhum aceitou?