Os nomes das posições dos jogadores de futebol – Gramática On-line
TesteGelt
17 de março de 2014
Nós pega o peixe.
17 de março de 2014

Os nomes das posições dos jogadores de futebol

O assunto de hoje não agradará à maioria das mulheres, pois trataremos de futebol: um jornalista da cidade do Recife, cansado de ver os jornais escreverem os nomes das posições dos jogadores de futebol de maneiras diversas, enviou-me um e-mail pedindo-me que esclarecesse a forma adequada de escrever cada uma delas. Por isso, este texto. Vamos a ele, então:

 

O futebol é rico em denominações para os jogadores, pois há onze posições, e cada uma delas tem um nome, dois ou três. Alguns deles são formados por mais de uma palavra, que, unidas, podem exigir o hífen ou não.

 

GOLEIRO, GUARDA-REDE, GUARDA-META, GUARDA-VALA.

Dentro de campo, há o goleiro, que também pode ser chamado de guarda-rede, guarda-redes, guarda-meta, guarda-vala ou guarda-valas.
O plural: goleiros, guarda-redes, guarda-metas ou guarda-valas. A mulher é a goleira; as outras denominações são idênticas às dos homens com a troca do artigo: a guarda-rede; as guarda-redes, etc.

 

Imediatamente à frente do goleiro, há o zagueiro, que também é chamado de beque. Há o zagueiro central, ou beque central, e o zagueiro de espera, ou beque de espera, ou ainda chamado de quarto-
-zagueiro, palavra não registrada pelos dicionários Aurélio (Novo Dicionário Eletrônico Aurélio versão 7), Aulete (Idicionário Aulete; Lexikon Editora Digital) e Priberam (Dicionário Priberam da Língua Portuguesa – dicionário de português europeu), mas registrada pelo Houaiss (Dicionário eletrônico Houaiss da Língua Portuguesa 3.0) e pelo Volp (Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, 5ª edição, 2009; o documento oficial de nosso idioma, editado pela Academia Brasileira de Letras). A mulher é a zagueira, a beque, a quarta-zagueira…

 

O jogador de defesa que atua nas proximidades da linha lateral e que geralmente apoia o ataque causa uma polêmica entre os dicionários: O Houaiss os chama de lateral direito e lateral esquerdo, sem hífen; já o Aulete, o Aurélio e o Priberam, de lateral-direito e lateral-esquerdo, com hífen. A confusão não acaba por aqui, pois o Houaiss diz ainda que são substantivos masculinos, tanto para o jogador quanto para a jogadora: o lateral direito; o lateral esquerdo. O Aulete concorda com isso, mas com hífen: o lateral-direito; o lateral-esquerdo. Já o Aurélio e o Priberam dizem que o homem é o lateral-direito, e a mulher, a lateral-direita; o lateral-esquerdo e a lateral-esquerda. Que confusão!
E o plural: laterais direitos e laterais esquerdos; laterais-direitos e laterais-esquerdos.

 

CENTROMÉDIO, MÉDIO-VOLANTE OU VOLANTE.

 

O jogador de função defensiva no meio-campo é o centromédio, sem hífen e com os dois elementos interligados. A mulher também é chamada de o centromédio. O plural: os centromédios.
Esse jogador também pode ser denominado de o médio-volante, e a mulher, de a médio-volante. O plural: médios-volantes. Modernamente, os locutores reduziram o nome para apenas volante.

 

O Jogador que atua no meio de campo, à frente dos zagueiros e da grande área e que tem a função de auxiliar os zagueiros na marcação e no desarme dos jogadores adversários é o cabeça de área (sem hífen), denominação tanto para o homem quanto para a mulher.

 

O jogador que atua entre a defesa e a linha do ataque, especialmente no meio-campo, pela direita, é o meia-direita, e, pela esquerda, o meia-esquerda. A mulher é a meia-direita e a meia-esquerda. O plural: meias-direitas e meias-esquerdas. Há os que chamam esse jogador, de ambos os lados, homem ou mulher, de meio-campo. O plural: os meios-campos, apesar de o Aurélio registrar os meios-campo.

Meio-campo também é o nome da área vizinha à linha que divide o campo ao meio. Pode-se denominá-la também de a meia-cancha ou o meio de campo.

MEIOS-CAMPISTAS E MEIO-CAMPISTAS.

 

O jogador, homem ou mulher, que atua no meio-campo ainda pode ser chamado de meio-campista. O plural será meios-campistas se for substantivo e meio-campistas se adjetivo. Por exemplo: Os meios-
-campistas e os jogadores meio-campistas. O Aurélio não registra essa palavra.

 

Aquele que, homem ou mulher, atuando no meio do campo, está especialmente incumbido de armar jogadas, distribuindo a bola para os companheiros de ataque, é o meia-armador ou o meia de armação. Geralmente joga com a camisa 10. O plural: meias-armadores e meias de ligação.

 

O jogador que atua ofensivamente pela ponta direita ou extrema direita é o ponta-direita e o ponta-
-esquerda. A mulher: a ponta-direita e a ponta-esquerda. O plural: pontas-direitas e pontas-esquerdas. No lugar da palavra “ponta” pode-se usar “extrema”.

CENTROAVANTE E PONTA DE LANÇA.

 

O que atua no ataque, tradicionalmente entre o meia-direita e o meia-esquerda, ou entre o ponta-
-direita e o ponta-esquerda é o centroavante; e a mulher é a centroavante. O plural: centroavantes.

 

O atleta mais avançado entre os atacantes é o ponta de lança, sem hífen. A mulher é a ponta de lança. O plural: os pontas de lança; as pontas de lança.