Pronome relativo indefinido – Gramática On-line
Preto e branco
10 de julho de 2014
Alteza, abra a porta!
11 de julho de 2014

Pronome relativo indefinido

 

 

Deus abençoa a quem aprende a partilhar.
Eu queria a sintaxe desta frase.

 

 

 

 

 

 

Há duas orações no período apresentado:

1- Oração principal: Deus abençoa
Sujeito simples: Deus
Verbo transitivo direto: abençoa

2- Oração subordinada adjetiva restritiva: quem aprende a compartilhar.
Quem é pronome relativo indefinido. Isso acontece quando “quem” substitui “a pessoa que“:

 

– Deus abençoa a pessoa que aprende a compartilhar.

 

Quando “quem” for pronome relativo indefinido, terá duas funções sintáticas: a referente a “pessoa” e a referente a “que“.

 

Na frase apresentada, “pessoa” seria objeto direto de abençoar, e “que“, sujeito de aprender.

 

Quem” é, portanto, objeto direto, mas agora preposicionado, pois sempre que o pronome relativo “quem” for objeto direto, obrigatoriamente será preposicionado. E é também sujeito.