Pronomes demonstrativos – Gramática On-line
Pronomes possessivos
21 de fevereiro de 2014
Pronomes indefinidos
1 de março de 2014

Pronomes demonstrativos

Pronomes demonstrativos são aqueles que situam os seres no tempo e no espaço, em relação às pessoas do discurso. São os seguintes:

 


Este, esta, isto:

São usados para o que está próximo da pessoa que fala e para o tempo presente.

– Este chapéu que estou usando é de couro.
– Este ano está sendo cheio de surpresas.


Esse, essa, isso:

São usados para o que está próximo da pessoa com quem se fala, para o tempo passado recente e para o futuro.

– Esse chapéu que você está usando é de couro?
– Feliz ano-novo! Que esse ano seja maravilhoso!
– Inauguramos a loja no mês passado. Até esse mês, nada sabíamos sobre comércio.


Aquele, aquela, aquilo:

São usados para o que está distante da pessoa que fala e da pessoa com quem se fala e para o tempo passado remoto.

– Aquele chapéu que ele está usando é de couro?
– Em 1974, eu tinha 15 anos. Naquela época, Londrina era uma cidade relativamente pequena.


Outros usos dos demonstrativos:

Em uma citação oral ou escrita, usa-se este, esta, isto para o que ainda vai ser dito ou escrito, e esse, essa, isso para o que já foi dito ou escrito.

– Esta é a verdade: existe a violência, porque a sociedade a permitiu.
– Existe a violência, porque a sociedade a permitiu. A verdade é essa.


Usa-se este, esta, isto em referência a um termo imediatamente anterior.

– O fumo é prejudicial à saúde, e esta deve ser preservada.
– Quando interpelei Roberval, este assustou-se inexplicavelmente.


Para se estabelecer a distinção entre dois elementos anteriormente citados, usa-se este ou esta concernentemente ao que foi mencionado por último e aquele ou aquela ao que foi nomeado em primeiro lugar.

– Sabemos que a relação entre os pais e as crianças é de domínio daqueles sobre estas.
– Os filmes brasileiros não são tão respeitados quanto as novelas, mas eu prefiro aqueles a estas.


O, a, os, as, tal, tais

 

O, a, os, as, tal, tais são pronomes demonstrativos, quando equivalerem a isto, isso, aquilo ou aquele(s), aquela(s).

– Não concordo com o que ele falou. (com aquilo que ele falou)

– Tudo o que aconteceu foi um equívoco. (tudo aquilo que aconteceu)

– Tal acontecimento abalou-me as estruturas. (esse acontecimento)