Usos do acento indicador de crase – Gramática On-line
Verbos especiais
26 de dezembro de 2013
Estrutura das palavras
26 de dezembro de 2013

Usos do acento indicador de crase

 

A palavra crase provém do grego (krâsis) e significa mistura. Na língua portuguesa, crase é a fusão de duas vogais idênticas, mas essa denominação visa a especificar principalmente a contração ou fusão da preposição a com os artigos definidos femininos a, as ou com os pronomes demonstrativos a, as, aquele, aquela, aquilo.
a + a = à
a + as = às
a + aquele(s) = àquele(s)
a + aquela(s) = àquela(s)
a + aquilo = àquilo


Para saber se ocorre ou não a crase, basta seguir três regras básicas:


01) Só ocorre crase diante de palavras femininas, portanto nunca use o acento grave indicativo de crase diante de palavras que não sejam femininas.

– O sol estava a pino.Sem crase, pois pino não é palavra feminina.
– Ela recorreu a mim. Sem crase, pois mim não admite artigo feminino.
– Estou disposto a ajudar você. Sem crase, pois ajudar não é palavra feminina; é verbo.

 


 

02) Se a preposição a for exigida por um verbo que indica destino (ir, vir, voltar, chegar, cair, comparecer, dirigir-se…), troque este verbo por outro que indique procedência (vir, voltar, chegar…); se, diante do que indicar procedência, surgir da, diante do que indicar destino, ocorrerá crase; caso contrário, não ocorrerá crase. Essa substituição serve para demonstrar a existência da preposição e do artigo, cuja junção exige o acento indicador de crase.

 

venho de = vou a
venho da = vou à

 

– Vou a Porto Alegre. Sem crase, pois Venho de Porto Alegre.
– Vou à Bahia. Com crase, pois Venho da Bahia.

 


03) Se não houver verbo indicando destino, troca-se a palavra feminina por outra masculina; se, diante da masculina, surgir ao, diante da feminina, ocorrerá crase; caso contrário, não ocorrerá crase. Essa substituição serve para demonstrar a existência da preposição e do artigo, cuja junção exige o acento indicador de crase.

 

– Assisti à peça. Com crase, pois Assisti ao filme.
– Paguei à cabeleireira. Com crase, pois Paguei ao cabeleireiro.
– Respeito as regras. Sem crase, pois Respeito os regulamentos.

 


Casos especiais:


 

01) Nas expressões adverbiais à moda de e à maneira de, mesmo que as palavras moda e maneira fiquem subentendidas, ocorre crase.

 

– Fizemos um churrasco à gaúcha. (À moda gaúcha; à moda dos gaúchos)
– Comemos bife à milanesa e espaguete à bolonhesa. (À moda milanesa e à moda bolonhesa; à moda de Milão e à moda de Borgonha)
– Joãozinho usa cabelos à Príncipe Valente. (À moda do Príncipe Valente)

 


 

02) Nos adjuntos adverbiais de modo, lugar e tempo femininos, ocorre crase.
à tarde, à noite, às pressas, às escondidas, às escuras, às tontas, à direita, à esquerda, à vontade, à revelia …

 

– Encontrei Tiago ontem à noite.
– Saí às pressas de casa.

 


 

03) Nas locuções prepositivas e conjuntivas femininas ocorre crase.
Locução prepositiva feminina é a junção de a + substantivo feminino + de sem que o substantivo feminino exerça a função de sujeito ou de objeto direto;
Locução conjuntiva feminina é a junção de a + substantivo feminino + que sem que o substantivo feminino exerça a função de sujeito ou de objeto direto.
à maneira de, à moda de, às custas de, à procura de, à espera de, à medida que, à proporção que…

 

– Ele está à procura da esposa.
– À proporção que o tempo passa, mais sábios ficamos.

 


 

04) Diante da palavra distância, só ocorrerá crase, se houver a formação de locução prepositiva (à distância de) apesar de, modernamente, muitos cursos adistância escreverem tal expressão com crase.

 

– Reconheci-o a distância.
– Reconheci-o à distância de duzentos metros.

 


 

05) Diante do pronome relativo que ou da preposição de, quando for fusão da preposição a com o pronome demonstrativo a, as, que pode ser substituído por aquela, aquelas, esta, estas…

 

– Essa roupa é igual à que comprei ontem. (A roupa é igual a esta)
– Sua voz é igual à de um primo meu. (A voz é igual a esta)

 


 

06) Diante dos pronomes relativos a qual, as quais, quando o verbo da oração subordinada adjetiva (o que vem logo depois de a qual, as quais) exigir a preposição a, ocorre crase.

 

– A cena à qual assisti foi chocante. (Quem assiste, assiste a algo)

 


 

07) Quando o a estiver no singular, diante de uma palavra no plural, não ocorre crase, pois falta-lhe o artigo.

 

– Referi-me a todas as alunas, sem exceção.
– Não gosto de ir a festas desacompanhado.

 


 

08) Nos adjuntos adverbiais de meio ou de instrumento, a não ser que cause ambiguidade.

 

– Preencheu o formulário a caneta.
– Matou o desafeto a faca.

 

Nota: Modernamente, alguns gramáticos admitem crase diante de adjuntos adverbias de meio, mesmo não ocorrendo ambiguidade. É o que tem ocorrido, por exemplo, com o adjunto adverbial de meio (pagar) a vista.

 


 

09) Diante de pronomes possessivos femininos, é facultativo o uso do artigo se o pronome acompanhar substantivo, então, quando houver a preposição a, será facultativa a ocorrência de crase.

 

– Referi-me a sua professora.
– Referi-me à sua professora.

 

Obs.: Casoo pronome possessivo não acompanhe substantivo, mas o substitua, o artigo será obrigatório; se, então, houver a preposição a, o acento indicador de crase também será obrigatório.

 

– Não me referi a sua esposa, e sim à minha.
– Não me referi à sua esposa, e sim à minha.

 


 

10) Após a preposição até, é facultativo o uso da preposição a, quando esta for necessária ao elemento anterior ao até, portanto, caso haja substantivo feminino à frente, a ocorrência de crase será facultativa.

 

– Fui até a secretaria.
– Fui até à secretaria.

 


 

11) A palavra CASA:
A palavra casa só terá artigo, se estiver especificada, portanto só ocorrerá crase diante da palavra casa nesse caso.

 

– Cheguei a casa antes de todos.
– Cheguei à casa de Ronaldo antes de todos.

 


 

12) A palavra TERRA:
– Significando planeta, é substantivo próprio e tem artigo, consequentemente, quando houver a preposição a, ocorrerá a crase.

 

– Os astronautas voltaram à Terra.

 

Significando chão firme, solo, só tem artigo, quando estiver especificada, portanto só nesse caso poderá ocorrer a crase.

 

Os marinheiros voltaram a terra.
– Irei à terra de meus avós.