Concordância verbal – Gramática On-line

Gramática e Produção de textos
descomplicadas!

13 de novembro de 2018

Hoje faz dois anos…

Hoje faz dois anos! 3ª pessoa do singular. Essa é a maneira certa de se usar o verbo fazer na indicação de tempo decorrido e de […]
12 de novembro de 2018

Houve ou houveram problemas?

Houve problemas, pois o verbo haver, no sentido de existir ou acontecer, ou na indicação de tempo decorrido, é impessoal. Que significa isso? Significa que ele […]
20 de junho de 2018

Devem-se mudar as regras / Pretende-se mudar as regras

   A estrutura sintática de uma oração em que há o pronome se pode trazer dúvidas quanto ao uso do verbo no singular ou no plural, […]
20 de junho de 2018

Não houve ou não houveram mudanças?

Um partido político apresenta sua propaganda com o discurso de um de seus afiliados. Ele diz que "não houveram (sic) mudanças significativas…". Será que nesse partido […]
20 de junho de 2018

Mandei-os sair!

   O estudo do infinitivo na Língua Portuguesa é bastante complexo, já que, em alguns casos, ele deve ser flexionado, em outros, pode ser flexionado, e […]
20 de junho de 2018

Mais de um milhão assistiu ao show.

Já imaginou um tribiunal de júri no qual todos trabalhassem de bermuda, chinelos e camiseta sem mangas? É assim que vejo um texto mal-ajambrado, sem os […]
20 de junho de 2018

Há escolas que investem em tecnologia.

O verbo haver é um dos mais problemáticos da Língua Portuguesa, pois obedece a uma regra ilógica: declara algo sobre determinado termo, mas não concorda com […]
20 de junho de 2018

Muitos de nós fomos, foram ou foi à festa?

  Esses dias um professor de áreas exatas me perguntou como se deve efetivar a concordância do verbo quando o sujeito for um pronome indefinido ou […]
20 de junho de 2018

Alguns casos especiais de concordância verbal

A concordância verbal é um dos aspectos gramaticais mais temidos pelos estudantes. A única maneira de usar o verbo de maneira adequada, quanto à concordância, é raciocinar, é […]
20 de junho de 2018

Vem, jardineira! Vem, meu amor! / Não fiques triste que este mundo é todo teu.

“Oh! Jardineira, por que estás tão triste? / Mas o que foi que te aconteceu? / Foi a camélia que caiu do galho, / Deu dois […]